Uma doença chamada Depressão

O que era para ser uma manhã normal do dia a dia atribulado do jornalista Ricardo Boechat acabou como um episódio marcante na vida dele. Momentos antes de apresentar o programa na rádio Band News, o apresentador teve um “surto depressivo agudo” e não conseguiu entrar no ar.  A informação só veio a público semanas depois do ocorrido, por decisão do próprio jornalista que preferiu compartilhar seu drama pessoal com a depressão.

Nas palavras de Boechat “a depressão não escolhe vítimas por seu grau de instrução ou situação econômica. Castiga sem piedade e da mesma forma pobres e ricos, anônimos e famosos.” E continua: “… Quem cai num quadro desses perde qualquer condição de continuar ativo, de pensar as coisas mais simples. A pessoa morre ficando viva.”

E mais “ …é  importante aceitá-la para combatê-la – e todo o silêncio, do próprio doente ou de quem está à sua volta, dificulta a recuperação. Essa necessidade de não fazer segredo, além da sinceridade que faço questão de manter na relação com os ouvintes, é a razão deste depoimento pessoal.”

                                despair-513530_1280

O problema é tão sério que a ONU aponta a depressão como um fenômeno global e a Organização Mundial da Saúde informou recentemente que a depressão será a doença mais comum no mundo em 15 anos. E aqui vai mais uma informação muito importante: o Brasil é o país com o maior número de pessoas com depressão no mundo, 10,8% da nossa população sofre deste distúrbio, segundo estudo publicado na BMC Medicine, em 27 de Julho de 2011. Isso significa que é bem possível que alguém, bem próximo a nós sofre de depressão.

Por isso, quando você ou alguém que você conhece apresentar algum desses sintomas recorrentes como:

Estado de imensa tristeza, choro e sentimento de desespero, à vezes sem motivo aparente, ausência de alegria em qualquer atividade, falta de motivação para qualquer atividade, perda ou ganho de peso em curto espaço de tempo, falta de auto confiança, ideias ou pensamentos de morte como fuga, entre outros procure um médico.

São muitos os fatores que desencadeiam a depressão e é preciso ajuda especializada para o tratamento. A doença em sua forma severa pode levar a morte.

Porém, não se engane. Não pense porque você está passando por algum momento difícil, está mais retraída ou coisa assim, você sofre de depressão. Todos nós temos momentos em que ficamos deprimidos, mas depressão vai muito além. É uma doença limitante e é preciso buscar ajuda. Como bem disse o Boechat “… não pense que é uma questão de endireitar os ombros ou ficar pensando coisas positivas”.

Mas, lembre-se que é preciso ter coragem pra admitir, ter força para levantar e seguir adiante na luta contra esse mal da vida moderna.

É muito importante a conscientização, por isso compartilhe, muitas pessoas precisam saber mais e ter apoio para enfrentar esse mal. Conto com você para me ajudar a ajudar outras pessoas, juntos somos mais fortes. 🙂

Um abraço carinhoso, um beijo e até a próxima.

Rose

E-book Grátis ensina Como Controlar o TRANSTORNO DE ANSIEDADE de forma simples.

Rosemary

Formada em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Bauru-USP, com especialização em Ortodontia e Ortopedia Facial pela FUNBEO-USP, sempre se interessou pelo Desenvolvimento Pessoal, por isso, paralelamente à Odontologia cursou Medicina Tradicional Chinesa-Acupuntura, Body Mind Talk e Terapia TFT e formou-se em Coaching Pessoal e Profissional pela Sociedade Brasileira de Coaching. Atua em consultório particular exercendo Ortodontia e atende clientes de Terapia e Coaching.

Website: http://rosemarydecastro.com